O sono do seu cão | Advance

O sono do seu cão

Os momentos de descanso são extremamente importantes para todos os seres vivos. E o seu cão não é exceção.

O segredo da sua vitalidade reside no tempo que dedica a dormir, por isso as suas frequentes sestas permitem-lhe recuperar a energia perdida e manter a sua saúde física e mental.

O descanso ajuda o seu cão a repor as forças e a libertar as tensões acumuladas durante o dia. Embora cada cão tenha as suas especificidades, no geral, um cão adulto passa praticamente 50 porcento do seu dia a dormir, variando a profundidade com que o faz.

Quando são pequenos dormem praticamente o dia todo e, à medida que crescem vão equilibrando o tempo de descanso. Escolha um local tranquilo da casa e prepare-o de modo a que possa deitar-se aí para dormir todos os dias.

BENEFÍCIOS

As enormes e inquestionáveis vantagens de um sono reparador para o seu cão são:

1
Recarrega as energias
2
Ajuda a libertar tensões
3
Melhora a digestão
4

Ajuda a assimilar o ocorrido durante o dia. De facto, uma boa sesta pode ajudar o cão a memorizar melhor o aprendido durante o dia.

CICLOS DO SONO

O cão passa por duas fases durante o período do sono:

SONO DE ONDA LENTA SONO PROFUNDO OU REM

SONO DE ONDA LENTA

Nesta fase, o coração late mais devagar e a sua respiração torna-se lenta e regular. O relaxamento muscular não é total, mas está muito calmo.

SONO PROFUNDO OU REM

Como acontece nos seres humanos, os cães entram numa etapa de sono profundo durante a qual a sua respiração se torna mais irregular e têm movimentos oculares rápidos (REM). Durante essa etapa, é normal que o seu cão mexa a cauda ou as patas como se estivesse a brincar, e à semelhança daquilo que acontece connosco, isso significa que está a sonhar. Não se sabe ao certo com o que é que o seu cão sonha, mas existem muitas investigações científicas que demonstram que os cães sonham com atividades comuns.

POSTURAS E SIGNIFICADO

A postura que o seu cão adota ao dormir pode ter diferentes significados:

Deitado sobre o esterno

Apoia os cotovelos no chão e recolhe as patas traseiras debaixo do corpo. Esta posição permite-lhe levantar-se rapidamente: é a postura mais utilizada quando está num estado de alerta.

Deitado de lado

Descansa apoiado num dos flancos; esta posição permite-lhe relaxar por completo e pode entrar no sono mais profundo.

Deitado sobre o esterno e com as patas traseiras de lado

É uma das posturas mais utilizadas para descansar; consegue relaxar, mas continua a conseguir reagir rapidamente, caso necessite.

Deitado com a boca para cima

Costumam adotar esta posição os cachorros e cães adultos de pequeno tamanho e que têm umas costas largas e patas curtas.

Enrolado em forma de bola

Muitos cães enrolam-se em forma de bola quando dormem, mesmo tendo espaço para se esticarem. Pode até parecer incómodo, mas para os cães é uma posição acolhedora e segura, algo muito similar à "posição fetal" nos seres humanos. Na natureza, os cães escavam um ninho e enrolam-se em forma de bola para conservar o calor enquanto dormem e protegerem-se dos predadores. Por isso, muitos deles revelam um especial prazer ao arranhar ou “cavar” a sua cama antes de uma sesta.

QUANDO DORMIR É UMA DOENÇA

Os cães também sofrem de alterações e transtornos do sono.

HIPERSÓNIA

Consiste numa sonolência excessiva, com tendência para dormir várias vezes ao dia, inclusive nos momentos menos apropriados. Este transtorno pode ter uma base hereditária, tendo-se observado uma maior frequência nas raças Labrador retriever, Doberman pinscher, Caniche e Beagle.

INSÓNIA

Caracteriza-se pela ausência de sono e pode afetar o seu carácter, tornando o seu cão mais irritadiço.

Tente controlar e respeitar os seus ritmos de sono, dado que qualquer toda e alteração é negativa. Se o seu cão, por norma, é um cão ativo e alegre, mas de repente observar que está sonolento ou que dorme mais do que o habitual, consulte o seu veterinário de confiança.

Descubra o melhor alimento para
o seu cão

Começar teste

Artigos que lhe
podem interessar