Bem-vindo a casa | Advance

ESTÁ PRESTES A ACOLHER O SEU NOVO GATINHO, QUE EMOÇÃO!

Ao longo dos próximos dias ambos irão viver grandes mudanças, o que em ocasiões poderá supor nervos e desorientação. Por isso, ajude-o e facilite o mais possível a sua chegada, de modo a que consiga habituar-se ao seu novo ambiente.

PREPARATIVOS PARA A CHEGADA

Antes do seu gatinho chegar a casa, deve ter em conta alguns aspetos básicos:

Certifique-se de que irá viver num local seguro

NO INTERIOR DA CASA

NO INTERIOR DA CASA

Retire todos os objetos que poderão causar-lhe ferimentos, por exemplo os fios, e tenha cuidado com a localização de produtos perigosos.
Lembre-se que para o seu cão é tudo novidade e, naturalmente, irá explorar e brincar com tudo aquilo que estiver ao seu alcance. Por isso, se recear que algum objeto acabe estragado, o melhor será colocá-lo fora do seu alcance.

NO EXTERIOR

NO EXTERIOR

No início, evite as saídas para o exterior até estar totalmente adaptado ao novo lar, principalmente, se ainda não tiver tomado todas as vacinas. Se o seu gatinho tiver acesso a um jardim ou varanda, garanta que não existem buracos ou orifícios através dos quais consiga escapar ou cair de certa altura.

Conhecimentos básicos

Os felinos são animais extraordinários e muito particulares, com necessidades específicas e individuais que devem ser satisfeitas para manter a sua saúde em condições ótimas. Os gatos conservam intactos os seus instintos de reprodução, caça e comunicação social. Além disso, são noctívagos, muito ativos e territoriais, em maior ou menor medida. Para evitar problemas de saúde e de comportamento, devemos proporcionar-lhes elementos que lhes permitam desenvolver o seu comportamento natural e instintivo.

CHEGADA A CASA

IDENTIFICAÇÃO

Microchip

É um dispositivo simples que o veterinário implanta sob a pele, do lado esquerdo do pescoço ou entre as omoplatas. Está associado a um código numérico onde constam os dados do seu gatinho e os seus. Não se esqueça de atualizar os dados do Microchip, caso altere algum dos seus dados pessoais.
O microchip facilita a localização do seu gatinho, caso se perda. Em Portugal, a colocação do microchip é obrigatória por lei. Além disso, se viajar para o estrangeiro também é obrigatório vaciná-lo contra a raiva.

Placa de identificação

É recomendável colocar também uma placa de identificação na coleira do seu gatinho, onde conste o nome dele e o seu número de telefone, para localizá-lo de forma rápida caso o animal se perda. Além disso, em Espanha em algumas comunidades autónomas já é obrigatório.
Neste caso, recomenda-se a utilização de coleiras com um sistema de abertura fácil, evitando que fiquem presos em qualquer sítio, e sempre sem guizo. Os guizos podem provocar nervosismo e stress no seu gato e, a longo prazo, uma dessensibilização auditiva.

Registo

A lei obriga a registar o seu novo animal de companhia na Junta de Freguesia da sua área de residência. Que documentos são necessários para registar o seu gato?
• Fotocópia do boletim veterinário
• Fotocópia do seu CC/BI
• Fotocópia do documento de registo no Sistema de Identificação e Recuperação Animal (entregue a si no momento da recolha do seu gatinho)
• Preencher o formulário da licença e pagar a taxa estabelecida

ALIMENTAÇÃO

✓ O ideal para um gatinho é alimentar-se durante as suas primeiras semanas de vida com leite materno para ingerir as proteínas e imunoglobulinas imprescindíveis para o seu correto desenvolvimento imunitário.

✓ Se o gatinho adotado tiver poucos dias de vida, necessitará de ingerir leite de fórmula dado com o biberão.

✓ Não dê ao seu gatinho leite de cabra nem de vaca, pois isso poderá resultar em importantes alterações digestivas.

✓ A partir das quatro semanas de vida pode iniciar a transição para a ingestão de alimento sólido, para que tanto o seu sistema digestivo como os seus dentes se comecem a habituar. Aproximadamente às oito semanas de vida já se pode alimentar exclusivamente à base de alimentos sólidos.

✓ Ofereça ao seu gatinho uma ração adequada de alimento seco de alta qualidade e alimento húmido todos os dias, em diferentes porções ou colocando à sua livre disposição.

✓ Muitos gatos adultos recusam-se terminantemente a experimentar novos alimentos. Para evitar que tal aconteça, pode introduzir diferentes variedades de alimentos, indicados para gatos, quando ainda são pequeninos.

✓ A hidratação nos felinos é um fator determinante para a manutenção da sua saúde. Neste sentido, recomenda-se colocar diariamente vários locais com água limpa e fresca à disposição.

✓ As tigelas para a água e para o alimento de aço inoxidável são a melhor opção. Além disso, se houver a possibilidade de aceder a uma fonte de água corrente, isso irá aumentar a sua motivação para beber água.

HIGIENE