COMO ALIMENTAR UM GATINHO RECÉM DESMAMADO | Advance

COMO ALIMENTAR UM GATINHO RECÉM DESMAMADO

Acaba de adotar um gatinho que passou diretamente do ninho da mãe para sua casa. Entre as muitas dúvidas que lhe poderão surgir, a alimentação será uma delas: Como realizar o desmame de um gatinho com sucesso? Explicamos-lhe como é que evolui a alimentação do gatinho para poder compreender melhor este momento.

DO COLOSTRO
AO LEITE

Durante o período de lactação, o leite que a gata proporciona aos seus pequenotes varia em termos de composição. Ou seja, durante as primeiras 24 a 72 horas, os gatinhos recebem colostro, que lhes proporciona proteção imunitária nas primeiras horas de vida, já a composição do leite normal proporciona-lhes todos os nutrientes necessários para crescerem rapidamente.

A
TRANSIÇÃO

O desmame é o período de transição da alimentação à base de leite para uma alimentação à base de sólidos. Desta forma, a lactação começa a diminuir a partir da quinta ou sexta semana de vida, e começam a demonstrar interesse pelo alimento que a mãe ingere. Começam por lamber os resíduos de alimento que ficam à volta da sua boca; depois cheiram a tigela, até que por fim ingerem por si mesmos alimentos sólidos.

O
DESMAME

Para os gatinhos a mudança alimentar e o afastamento do ninho materno causa-lhes stress, por isso é que não é conveniente antecipar esse momento enquanto não for estritamente necessário. Regra geral, o momento adequado costuma ser entre a sexta e sétima semanas de vida.

APÓS O
DEMAME

É conveniente dar à mãe, durante a lactação, o mesmo tipo de alimento que os gatinhos irão receber, após o desmame. Os alimentos especialmente formulados são indicados para isso, e fornecem tanto à progenitora como aos gatinhos todos os nutrientes de que necessitam. Entre a 6 e 8 semanas, os gatinhos devem estar totalmente desmamados e habituados a uma dieta normal, com um alimento completo e equilibrado.

DIETA E NÚMERO
DE REFEIÇÕES

Durante esta etapa, marcada pelo rápido crescimento, o ideal é oferecer um alimento seco (poderá humedecê-lo adicionando um pouco de água tépida), 2 a 3 vezes por dia. Uma hora depois de ter oferecido o alimento deverá retirar aquilo que o gatinho não comeu, uma vez que o alimento à temperatura ambiente perde o sabor e inclusive pode descompor-se e perder as suas propriedades. Entre os seis meses e o ano de vida, deverá ir reduzindo o número de porções diárias para um total de duas, com uma quantidade moderada de alimento. No entanto, é conveniente deixar sempre à sua disposição um recipiente com uma pequena quantidade de alimento.

O desmame corresponde à passagem de uma alimentação à base de leite para uma alimentação à base de sólidos, não sendo considerado um momento da vida dos gatinhos, mas sim um processo de transição

Artigos que lhe
podem interessar