CUIDADOS A TER COM UM GATO DOENTE | Advance

CUIDADOS A TER COM
UM GATO
DOENTE

Como qualquer ser vivo, os gatos também adoecem, e cabe-lhe a si estar atento para conseguir detetar os sintomas e estar preparado para cuidar dele. É simples: quando um gato está doente, alguém deverá responsabilizar-se por prestar-lhe os cuidados de que necessita e aliviar o seu desconforto.

DETETAR A DOENÇA

Se os gatos falassem e explicassem o que lhes dói, seria tudo muito mais simples. Desta forma, seria muito mais fácil detetar precocemente as doenças e evitar-se-iam várias complicações posteriores.
Os gatos são animais solitários por natureza, e mostrar sinais de doenças torna-os vulneráveis perante os seus rivais e predadores, assim, ao contrário dos cães, tendem a esconder-se e a não querer mostrar a sua fraqueza e mal-estar.
Portanto, é necessário e importante observar diariamente o seu comportamento e verificar se há alguma mudança no seu comportamento habitual.

1/3

DETETAR A DOENÇA

Que sintomas poderá observar? Um gato adoentado pode deixar de comer, de brincar e de se assear, o seu pelo pode tornar-se baço e sem brilho.
Se suspeitar que o seu gato pode estar doente, siga a sua intuição e não hesite: consulte o seu veterinário de confiança para que o examine e defina o tratamento a seguir.

2/3

Alimentos macios

Um gato doente terá pouquíssima ou mesmo nenhuma vontade de comer. Deste modo, será necessário oferecer-lhe alimentos que não sejam difíceis de mastigar, que sejam macios, suaves e mais apetecíveis. Nestes casos, os alimentos húmidos poderão revelar-se bastante úteis. Também existem concentrados de vitaminas e minerais em pasta que os poderão ajudar na recuperação..

3/3

Água em abundância

Enquanto estiver doente, o seu gato deve beber água fresca de forma abundante. Caso de negue, é recomendável ser você mesmo a dar-lha com a ajuda de uma seringa. Faça-o em intervalos de quinze ou trinta minutos: assim, está a evitar que fique desidratado. Aliás, para evitar a desidratação existem sais especiais que poderá pedir ao seu veterinário, adicionando-os à água que bebe.

Quando um gato está doente, alguém deverá responsabilizar-se por prestar-lhe os cuidados de que necessita e aliviar o seu desconforto.

MUITO REPOUSO

Acima de tudo, o seu gato irá necessitar de bastante repouso, uma atenção especial e mimos. Encontre um espaço sem humidade e o menos ruidoso possível onde possa estar tranquilo e, assim, recuperar mais rapidamente. Não se esqueça que deverá tê-lo sempre bem agasalhado.

Artigos que lhe
podem interessar