AS DOENÇAS COMUNS DO GATO | Advance

As doenças
comuns
do gato

Todas as espécies têm uma certa tendência para padecerem determinadas patologias e não outras. E os gatos, por serem gatos, também. A lista de doenças prováveis e frequentes que podem ocorrer caso haja condições favoráveis à sua evolução é extensa.

Qual é, então, a lista de doenças gerais e frequentes nos gatos? Estas são algumas delas:

ALERGIA

O primeiro passo será identificar o alergénio e eliminá-lo do meio envolvente do animal. Os sintomas de alergia podem ser respiratórios (tosse, espirros, dificuldades respiratórias) e cutâneos (prurido intenso e persistente e lacrimejo nos olhos).

Broncopneumonia

A broncopneumonia é uma inflamação aguda dos brônquios e dos alvéolos pulmonares. Verá o seu gato com olhos chorosos, mucosidade, tosse e inclusive úlceras na boca.

GRIPE DO GATO

A doença respiratória mais frequente é a gripe do gato (RVF), provocada por um vírus de herpes. Os sintomas costumam ser olhos lacrimejantes, tosse e espirros, congestão nasal e mucosidade densa. O seu veterinário irá prescrever-lhe antibióticos, que deverá dar até ao fim do tratamento indicado, apesar de poucos dias após o início do tratamento já conseguir ver sinais de melhoria no seu gato.

CATARATAS

Nos olhos, as cataratas (opacidade do cristalino): poderá observar que o interior da pupila é branco. Embora também seja detetável quando vir o seu gato a bater contra os móveis ou a evitar trepar para sítios altos. A única solução é a intervenção cirúrgica.

As inflamações

A estomatite, é uma inflamação da mucosa oral e das gengivas, normalmente provocada pela presença de tártaro e pode afetar o paladar, a língua ou as gengivas.

A faringite: o seu gato irá revelar dificuldades para engolir, tosse, febre, cansaço e falta de apetite.

A otite, é o processo inflamatório do canal auditivo e que pode ter consequências muito graves, pois se não for tratada a tempo, pode resultar na perfuração do tímpano.

insuficiência renal

A partir de uma certa idade, a insuficiência renal é muito comum. Os rins dos felinos realizam uma intensa tarefa de filtragem. Suspeite deste problema se o seu gato comer menos, emagrecer e aumentar muito o volume de água que bebe e de urina que elimina.

A cardiomiopatia hipertrófica

Os sintomas podem ser subtis, mas o gato costuma perder peso, estar mais cansado ou passivo e apresentar problemas respiratórios.

Se o seu veterinário prescrever antibióticos ou qualquer outro medicamento, dê-os até acabar o tratamento que ele lhe indicar, apesar de poucos dias após o início do tratamento já conseguir ver sinais de melhoria no seu gato.

Artigos que lhe
podem interessar