HIGIENE DOS OLHOS | Advance

HIGIENE DOS OLHOS

Apesar do fascínio que exercem, os olhos dos gatos são delicados e não são de modo algum imunes a doenças.
Os gatos cheiram locais onde pode haver pó e sujidade e, portanto, deverá limpar-lhes os olhos regularmente, de modo a não acumularem sujidade e remover as possíveis remelas que normalmente ficam à volta dos olhos.

OLHOS
LACRIMOSOS

Embora os olhos de um gato não exijam uma manutenção específica, deve estar preparado para qualquer contratempo que possa surgir. O primeiro sintoma que indica um problema nos olhos é o lacrimejo constante. Poderá ter-lhe entrado pó para os olhos ou alguma substância estranha e ter provocado uma infeção; ou, então, também poderá tratar-se de uma obstrução do ducto nasolacrimal. Essas obstruções podem ser temporais e não são perigosas, mas requerem cuidados e vigilância. De facto, alguns gatos de raça, como por exemplo os Persa, tendem a sofrer de problemas nos canais lacrimais, sendo necessário uma vigilância diária.

Os gatos cheiram locais onde pode haver pó e sujidade e, portanto, deverá limpar-lhes os olhos regularmente, de modo a não acumularem sujidade e remover as possíveis remelas que normalmente ficam à volta dos olhos.

COMO
LIMPAR OS OLHOS?

O recomendado é limpar os olhos e as remelas acumuladas de dois em dois dias. Para as remover, deverá passar um algodão humedecido com água ou soro fisiológico, removendo tudo o que conseguir. A melhor forma de o fazer é passando o algodão sempre à volta dos olhos, sem nunca tocar no globo ocular. Porém, se o lacrimejo for excessivo ou observar vermelhidão, deverá consultar imediatamente o seu veterinário de confiança.

CURIOSIDADES
Os olhos dos gatos possuem características extraordinárias.

Artigos que lhe
podem interessar