A ONICECTOMIA E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS | Advance

A onicectomia

A onicectomia é um processo cirúrgico realizado para remover totalmente as unhas do gato. Junto com a remoção da unha é também extraída a primeira falange do dedo. Antes de tomar essa decisão tente encontrar alternativas, de modo a permitir que o seu gato conserve a sua qualidade de vida, pois além de ser uma intervenção agressiva e desagradável irá privá-lo de uma das suas ferramentas mais preciosas e características.

O GATO E AS UNHAS CONSEQUÊNCIAS ALTERNATIVAS CORTAR AS UNHAS

O GATO E AS UNHAS

Para o seu gato, as unhas são uma das ferramentas mais importantes no seu dia a dia. Usa-as para coçar-se, brincar, trepar, defender-se, caçar e para quase todas as atividades que realiza diariamente. Por exemplo, para alongar os seus músculos e costas, as unhas cumprem uma importante função ao agarrarem-se às superfícies, permitindo-lhe alongar-se. Por outro lado, arranhar é uma função que está intimamente ligada à natureza do gato e que realiza com diversos fins ao longo do dia, por exemplo para libertar stress, marcar o seu território ou, simplesmente, exercitar-se.

CONSEQUÊNCIAS NO ANDAR

A onicectomia afeta inclusive o simples ato de caminhar. Ao andar, toda a superfície da garra do gato está em contacto com o chão e então, quando lhes falta a extremidade da garra, o gato vê-se obrigado a modificar a sua postura corporal e a sua forma de caminhar. Com o tempo, isso pode causar lesões dolorosas e coxeadura.

ALTERNATIVAS

Existem várias alternativas para evitar os incómodos causados pelos arranhões do seu gato. Sem dúvida, a educação durante a etapa de gatinho é a mais eficaz de todas: mostrando-lhe onde pode ou não arranhar e colocando à sua disposição poste arranhadores verticais e horizontais, assim como brinquedos para que possa arranhar livremente.
Outra opção é usar repelentes nas zonas que deseja manter livres de arranhões.

É um procedimento cirúrgico agressivo e desagradável para o gato, que se verá privado de uma das suas ferramentas mais preciosas e características.

CORTAR AS UNHAS

Cortar regularmente as unhas também é bastante eficaz. Tenha muito cuidado ao fazê-lo: deve cortar apenas a ponta da unha e não a pequena veia que se encontra dentro dela. Faça isso desde tenra idade, para que se habitue e em intervalos semanais ou quinzenais. Se o seu gato não para quieto, peça ajuda ao seu veterinário.

COMO FAZER O CORTE
CORRETO
INCORRETO

Descubra o melhor alimento para o seu gato

Começar teste

Artigos que lhe
podem interessar