Alimentos saborosos, mas tóxicos


Alimentos saborosos, mas tóxicos

A maioria de nós não consegue começar um novo dia sem tomar café de manhã. No entanto, o café e outros alimentos que ingerimos regularmente podem ser tóxicos para cachorros e gatos quando ingeridos em quantidades bastante inferiores às que poderiam prejudicar as pessoas.

Isso ocorre porque o café, bem como o chá e as bebidas feitas a base de cola, contém elevados níveis de cafeína. Se um cachorro ou gato ingerir esses alimentos em grandes quantidades, poderia mostrar sintomas de intoxicação como nervosismo, hiperatividade, aumento dos batimentos cardíacos e, no pior dos casos, um colapso ou a morte.

O chocolate é outro alimento que pode ser prejudicial para cachorros e gatos devido ao seu teor de teobromina, um composto que pode ser venenoso até para os seres humanos se for consumido em determinada quantidade. No entanto, pode ser até três vezes mais venenoso para cachorros e seis vezes mais venenoso para os gatos. O chocolate preto contém bem mais teobromina do que o chocolate ao leite. Portanto, bastaria que um cachorro de cerca de 20 kg consumisse 25 gramas de chocolate preto para começar a mostrar alguns sinais de intoxicação. Entretanto, para mostrar sintomas graves, ele teria que ingerir mais de 200 gramas de chocolate. Os sintomas incluem vômitos, diarreia ou hiperatividade, podem levar ao aumento dos batimentos cardíacos, tremores musculares ou ânsias excessivas e até mesmo à morte.

As cebolas também não devem fazer parte da dieta de cães e gatos, uma vez que contêm substâncias sulfúricas que podem danificar os glóbulos vermelhos e causar anemia. 110 gramas de cebola seca é quantidade suficiente para intoxicar um cão de 20 kg. Evite também que seu cachorro coma uvas ou passas, já que uma toxina contida nesses alimentos pode causar vômitos e outros sintomas renais. E, mesmo que acredite que a carne crua seja um verdadeiro banquete para o seu pet, evite-a também. Ela pode conter bactérias como Salmonella ou E.coli que podem causar vômito e diarreia.

Não queremos causar alarme, mas é importante que você observe todos os alimentos que devem ser evitados pelo seu cachorro ou gato. E não se esqueça, a ração diária oferece todos os nutrientes que eles precisam para crescer saudáveis.