O gato precisa sair para passear?


O gato precisa sair para passear?

Muitas vezes, nós tratamos os gatos como se eles fossem cachorrinhos, mas um gato não é um cachorro e suas necessidades não correspondem às necessidades caninas. Para muitos cachorros, o passeio representa um momento essencial do dia: alguns só podem fazer suas necessidades durante o passeio, que também oferece ao animal uma oportunidade de interagir com outros cães. Os gatos aceitam facilmente a caixa como o único lugar para fazerem suas necessidades e suas tendências sociais variam muito dependendo do animal. Encontrar gatos desconhecidos poderia ser estressante em vez de uma oportunidade para brincar e interagir. O gato normalmente deixa marcas de cheiro em seu território e essas marcas têm um efeito calmante no animal. Sair para passear implica em se movimentar em um ambiente desconhecido, sem suas marcas tranquilizantes. Há também o risco do gato se machucar ou tomar um belo susto ao se encontrar com cachorros desconhecidos.

Assim sendo, sair de casa para passear com um gato pode não ser considerada uma necessidade, embora alguns gatos pareçam gostar disso e alguns especialistas cheguem a aconselhar passeios para gatos com tendências a fugir.

Para passear com um gato, a primeira coisa a ser feita é acostumá-lo a usar a coleira e a trela dentro de casa, oferecendo-lhe recompensas quando ele aceitar usar esses acessórios. Quando o gato aceitar a coleira, escolha horas e lugares tranquilos para passear, lembrando-se de que o melhor é levá-lo para passear em um jardim particular que oferece menos riscos. Nunca deixe que o gato puxe a trela que serve apenas para evitar que ele se afaste.

Levar o gato para passear permite estimular o animal, mas para muitos gatos a estimulação é exagerada e a experiência é mais estressante do que prazerosa. Organizar adequadamente o interior da casa e enriquecer o ambiente pode ser a melhor forma de estimular a exploração do gato, sem a necessidade de sair para o exterior.