O papel da alimentação no vínculo


O papel da alimentação no vínculo

Confiança

Os seres humanos e os cachorros criam vínculos de amizade intensos e íntimos, diferentemente do que se pode ser observado entre outras espécies.  Os cachorros são animais muito sociáveis e os milênios de domesticação contribuíram para que esse tipo de vínculo tão próximo ao dono seja formado. Eles são bons observadores do comportamento humano e podem responder a sinais do estado de ânimo do dono, ficando inquietos ao tentar agradar e evitar brigas.  Eles sentem um carinho verdadeiro pelos donos.  Esse carinho é um dos principais motivos pelos quais os donos desenvolvem um vínculo tão forte com o seu animal de estimação. O cachorro tem muitos atributos atrativos para o dono. Por um lado, temos a questão física. Muitos cachorros têm uma aparência física fantástica, com grandes olhos, um pelo suave e agradável ao toque.  Por outro lado, diferentemente do que acontece com outros seres humanos, o carinho que o cachorro demonstra é inquestionável e ele está sempre presente, sendo um amigo fiel e de confiança. Muitos donos confiam nos pets, contam segredos e, efetivamente, humanizam o animal de estimação. Por causa disso, o vínculo com o pet é único para o homem.  Vários estudos mostraram as vantagens que esse vínculo oferece para os seres humanos, como melhor estado emocional e saúde física mais adequada.

 

Donos

Os donos tentam corresponder ao amor e à lealdade do animal de estimação de várias formas. Uma delas é demonstrar carinho diretamente, por exemplo, ao dizer uma frase em um tom de voz agradável. Os filhotes aprendem rapidamente a responder a uma voz agradável e o melhor é usar sempre a mesma expressão, como "bom garoto", porque assim eles vão associá-la com um estímulo positivo.  Outra forma de premiar o cachorro é acariciá-lo e abraçá-lo. Você também pode premiar o animal brincando com ele, jogando um brinquedo ou uma bola.  Finalmente, a comida também é um prêmio muito eficaz e um mecanismo muito útil para mudar o comportamento.  Os prêmios em comida são usados para isso. Mesmo que esse tipo de prêmio seja usado frequentemente no treinamento dos pets, ele também representa uma forma importante com a qual o dono pode demonstrar carinho e reforçar o vínculo com o cachorro.

 

Atenção

Os prêmios em comida são, com certeza, uma recompensa muito eficaz para adestrar um cachorro. Uma desvantagem muito grande de recompensá-lo com comida é o risco de que ele coma muito e engorde com o passar do tempo. É fundamental que os donos certifiquem-se de que isso não aconteça e que controlem os prêmios em comida. Não significa que eles devem ser evitados, mas sim que devem ser usados com prudência.  Você pode dar alguns prêmios em maior quantidade do que outros, por exemplo, se são completos a nível nutricional.  Se você for dar um prêmio, é importante que a quantidade de comida seja reduzida proporcionalmente para compensar as calorias que o prêmio tenha. Em outras palavras, o dono deve controlar o peso do seu pet de maneira regular e estabelecer um bom equilíbrio entre os alimentos das refeições e os prêmios.  Se o cachorro mostra uma tendência muito grande para engordar, as refeições, os prêmios ou os dois devem ser reduzidos.

 

Felicidade

Os alimentos e as refeições são uma parte muito importante no vínculo entre homem-animal, já que a comida é um ótimo prêmio para o cachorro e muitos donos gostam de premiar a lealdade dos seus pets com comida.  Na verdade, você pode ter certeza de que uma alimentação correta reforça e melhora o vínculo com o seu pet, ao mesmo tempo que garante a felicidade e a saúde do cachorro e do dono.