Preparado para adotar um pet?


Preparado para adotar um pet?

Compromisso

 

 

 

 

Preparado para um compromisso a longo prazo? Um cachorro de médio porte vive em média de 12 a 15 anos, mas em animais menores, a média sobe para 13 a 17 anos. No caso dos gatos, a expectativa de vida média supera os 15 anos e não é raro encontrar um gato que chegue aos 20 anos. Durante esses anos poderão surgir novos membros da fam…

 

Gastos

 

 

 

 

Preparado para assumir os gastos que um pet implica? Muitos gastos concentram-se no primeiro ano de vida: a adoção ou a compra, a identificação com microchip, o registro, a esterilização, a compra dos acessórios para o pet, como o comedouro e o bebedouro, a cama, o transporte, os brinquedos, as coleiras e as trelas para…

 

Tempo

 

 

 

 

Você tem tempo para cuidar de seu pet todos os dias? Entre sessões de brincadeiras e educação, carinhos, atenções, cuidados com a higiene e passeios, no caso do cachorro, cuidar de um pet ocupa bem mais que 5 minutos diários e satisfazer suas necessidades é importante para manter o animal com uma boa saúde física e mental.

 

Educação

 

 

 

 

Você está disposto a se dedicar à educação de seu pet e ter paciência enquanto ele ainda não tiver aprendido as “regras da casa”? Tanto os cachorros como os gatos precisam de normas básicas de educação para se adaptarem à nova casa. A educação melhora a comunicação entre pessoas e pets e estreita os laços afetivos, mas ela requer tempo.

 

Problemas de comportamento

 

 

 

 

Preparado para quando o cachorro ou o gato aprontar uma das suas? Quebrar algo delicado, derrubar o lixo, fazer as necessidades em vasos, latir ou miar excessivamente, soltar pelo no sofá etc. Ninguém é perfeito, mas com paciência é possível encontrar soluções para melhorar a convivência.

 

Adaptar a casa

 

 

 

 

Você está disposto a fazer mudanças na casa? Para adaptar a casa ao pet, talvez sejam necessários diferentes tipos de mudanças como, por exemplo, tirar plantas e itens decorativos tóxicos do alcance do animal, cercar o jardim para criar um espaço seguro para o cachorro, proteger objetos delicados que estejam ao alcance do animal, criar um espaço vertical no local onde o gato vai viver, acrescentar prateleiras e árvores para os gatos.

 

Acordo em família

 

 

 

 

A família concorda com a adoção de um pet? É importante que esta questão tenha sido discutida entre todas as pessoas que irão conviver com o animal e que tenham sido levadas em consideração as necessidades especiais de cada um: há pessoas alérgicas, bebês, pessoas com deficiência física etc.? 

 

Outros pets

 

 

 

 

Há outros pets em casa? Adotar um cachorro ou gato nem sempre é a melhor decisão quando já existe um animal de estimação na casa: é preciso levar em consideração as características tanto do pet já existente quanto do novo animal que será adotado e é preciso investir tempo e paciência para realizar corretamente o processo de introdução do novo animal.