60 significados para 60 miados diferentes


60 significados para 60 miados diferentes

Os gatos, assim como os restantes animais e os seres humanos, comunicam com os outros exemplares da sua espécie e também com outros animais de muitas formas diferentes. Por conseguinte, a sua expressão facial e linguagem corporal fornecem uma grande quantidade de informação sobre o seu estado de espírito e a sua relação com os outros seres. As vocalizações são outra forma de comunicação, as quais incluem o miar, juntamente com o ronronar, o bufar e outras.

Dependendo da duração, tom e intensidade, existem inúmeras nuances no miar dos gatos. De facto, segundo os especialistas, cada gato pode emitir mais de 60 miados diferentes para comunicar com a sua espécie, cada um dos quais com o seu próprio significado. Desta forma, ao miar, o gato pode transmitir informações muito distintas aos humanos: uma saudação, dizer-nos que está com fome, que quer atenção ou que se sente infeliz por alguma razão.

O miado varia com o humor, as circunstâncias, o temperamento do gato e também depende se o miar se destina a outro gato, a um animal diferente ou ao seu dono. Desta forma, temos o miado curto e quase inaudível, mas insistente, que o gato emite para chamar a atenção para algo de que precisa, seja comida, para que lhe abra a porta, entre outras. O miado de saudação geralmente é suave. Também não podemos esquecer o miado próprio da altura do cio, que é constante, prolongado e um pouco entrecortado.

Aparentemente, os gatos respondem a estímulos vocais e são muito sensíveis aos sons. Logo, são capazes, tal como nós, de perceber o nosso humor através do tom, volume e intensidade da nossa voz, apesar de não entenderem a nossa língua. Desta forma, é possível ter verdadeiras conversas com um gato, já que quanto mais falamos com ele, mais ele nos "responde". Nesse sentido, há raças mais "faladoras" do que outras, como o siamês.

Juntamente com o miado (e por vezes intercalado com o mesmo), o gato tem outras formas de comunicar através do som. É por isso que nos cumprimentam amigavelmente e respondem quando os chamamos com um gorgolejo. O ronronar, por sua vez, costuma expressar satisfação, bem-estar e afeto, mas também pode indicar desconforto ou insatisfação se o gato estiver com os olhos semicerrados, especialmente quando está doente. Por fim, o bufar é um som ofensivo que o gato emite para expressar descontentamento e nos avisar de uma possível agressão.

Agora, além de simplesmente respondermos “miau, miau”, podemos perceber o que eles querem e se o miado é para nós ou para outro animal.