Cães em lares de idosos


Cães em lares de idosos

Vantagens

Os idosos que vivem em lares sofrem de alguns problemas sociais e de saúde, pois muitas vezes não se sentem queridos, custa-lhes comunicar com outras pessoas e acabam por ficar com uma sensação de solidão, isolamento e pouca estimulação mental.


Vários estudos dos últimos 30 anos revelaram que a presença de um animal de estimação pode ser benéfica, a vários níveis, para idosos que vivem em lares, tal como para os que vivem sozinhos.  Os animais de estimação podem melhorar a qualidade de vida nos lares de idosos por vários motivos e estes incluem:
 

Demonstrar afeto sem julgar

Os cães e gatos demonstram afeto com todo o seu coração, sem se importarem com a idade, o físico, a saúde mental ou a personalidade da pessoa.

 

Atrair a atenção

O cães, os gatos ou outros animais de estimação atraem a atenção graças aos seus movimentos e demonstrações de brincadeiras e de afeto. Os comportamentos dos animais motivarão os idosos e despertarão o seu interesse.

 

Contacto

O contacto feito de uma forma carinhosa é algo de que muitos idosos sentem saudades.  Os animais de estimação são seres animados e carinhosos aos quais se pode dar carinhos, tocar ou abraçar, o que parece ajudar a reduzir o stress e melhora a saúde no geral.

 

Reminiscência

Ver um cão ou um gato trará lembranças de situações com animais de estimação no passado.  Recordar os velhos tempos é algo positivo para os idosos.

 

Brincadeiras

Os idosos têm poucas oportunidades para brincar, mas um animal de estimação carinhoso pode ajudá-los a soltar o seu lado mais brincalhão.

 

Estimulação mental

A estimulação faz falta a muitos idosos, visto que a televisão é geralmente o único entretenimento que possuem e tem uma natureza muito passiva.  Um animal de estimação atrairá a atenção de todos e proporcionará estimulação mental através da visão, do tato, do olfato e da audição.

 

Facilitador social

Os animais de estimação demonstraram em várias ocasiões que facilitam o contacto social, o que pode ser útil para os idosos que vivem em lares ou sozinhos.

 

Risos

Os idosos também têm menos oportunidades de rir.  Um cão fará sempre alguma coisa estranha ou divertida e trará risos àqueles que há muito não esboçavam um sorriso.


 

Terapias

Em muitos países de todo o mundo, incluindo Portugal, as terapias para idosos incluem animais de estimação.  Alguns lares têm o seu próprio animal de estimação, que costumam ser gatos ou um aquário de peixes, uma vez que os cães precisam de muitos mais cuidados e de mais atenção. 


Muitas vezes, os voluntários que visitam lares levam cães.  Atualmente, existem muitas associações que fazem isso e os lares de idosos consideram-no vantajoso por acreditarem ser uma das melhores formas de enriquecer a vida dos seus hóspedes. Alguns estudos científicos confirmaram as várias vantagens das terapias com animais de estimação, que incluem:
 

  • •    Menor depressão

  • •    Redução da utilização de medicamentos

  • •    Diminuição da sensação de solidão

  • •    Redução do stress

  • •    Melhoria na saúde física e pressão arterial mais baixa

  • •    Aumento do apetite
     

Graças a esta grande diversidade de vantagens, esta terapia foi aceite de imediato. Os lares estão cada vez mais dispostos a estabelecer programas com animais de estimação.  O termo «terapia assistida por animais» é utilizado para definir esta abordagem médica.  Existem programas certificados para os cães e gatos dos voluntários em vários países, o que significa que se está a tornar num método cada vez mais aceite para ajudar a melhorar a vida dos idosos.