O cão não quer receber carinhos


O cão não quer receber carinhos

Para muitas pessoas, tocar, abraçar e dar carinhos a um cão é uma experiência muito agradável e gratificante. De facto, investigações científicas confirmam que quando as pessoas dão afeto a um cão, registam uma diminuição da frequência cardíaca, da pressão sanguínea e das concentrações no sangue das hormonas associadas a um estado de stress. Contudo, nem todos os cães o apreciam da mesma forma, principalmente se a pessoa for desconhecida e for muito invasiva na maneira como se aproxima do animal.

Um cão que não se sinta confortável a receber as atenções de uma pessoa pode, ao início, emitir sinais muito subtis que se tornam cada vez mais evidentes se a pessoa não captar a mensagem. Lamber o focinho, bocejar, fechar os olhos, afastar o olhar, dar a volta ou levantar uma pata da frente são alguns dos comportamentos que sugerem que o cão não está a gostar tanto da interação como nós. Se estes primeiros sinais não resultarem, o cão passará uma mensagem mais clara, chegando a afastar-se, pôr as orelhas para trás, baixar-se, pôr a cauda entre as pernas e deitar-se de boca para cima. Se estes sinais também não forem compreendidos, o cão poderá mudar de estratégia. Ficar tenso, fixar o olhar, rosnar, mostrar os dentes e, em casos extremos, tentar morder são outras formas de comunicar uma mensagem de desconforto que a pessoa ainda não percebeu.

Diante destes sinais, a maior parte das pessoas recua e, sem saber, pode estar a provocar uma mudança a longo prazo no comportamento deste animal. Se apenas o comportamento agressivo resultar para evitar o contacto desconfortável com as pessoas, os sinais mais subtis que mostram o seu descontentamento perdem valor.

Este tipo de situação acontece com frequência na rua, quando um cão se depara com um desconhecido que o quer cumprimentar insistentemente, sem dar importância aos sinais de descontentamento que o animal mostra. Aprender a ler e respeitar estes sinais é fundamental para que o cão não se veja obrigado a aumentar a intensidade da sua linguagem corporal e possa aprender a utilizar os comportamentos agressivos para afastar as atenções indesejadas de algumas pessoas.