Artropatia degenerativa e artrite séptica bacteriana | Vets & Clinics

O espaço de referência dos veterinários #SomosVets

Artropatia degenerativa e artrite séptica bacteriana

Medicina e cuidados

Em geral, é mais habitual nos cães de tamanho médio e grande. Ainda que qualquer cão possa desenvolver artrite séptica, esta condição observa-se com mais frequência em animais de 4-7 anos de idade.

[Osteoartrite Canina] → Descarregue gratuitamente o guia sobre esta doença  articular degenerativa e descubra as ferramentas de prevenção e tratamento


Artropatia degenerativa: Causas

Alguns fatores podem fazer que um cão seja mais vulnerável à artrite séptica. Por exemplo:

  • Patologias que suprimem o sistema imunitário, como: diabetes mellitus (diabetes do açúcar) e doença de Addison (glândulas suprarrenais pouco ativas).
  • Infeções oportunistas depois de uma lesão, ferida, mordedura ou cirurgia.
  • Infeções bacterianas com origem noutro sistema do organismo.
  • Infeções fúngicas.
  • Osteoartrite, outro dano nas articulações ou injeções numa articulação.
  • Medicamentos que suprimam o sistema imunitário.

Artropatia degenerativa: Sintomas

  • Dor
  • Febre
  • Letargia
  • Anorexia
  • Inflamação da articulação
  • Claudicação (coxear) do membro afetado
  • Calor articular
  • Diminuição da margem de movimento na articulação

Descarregue GRÁTIS → Guia de fisiopatologia gastrointestinal do cão e do gato

Artropatia degenerativa: Diagnóstico  

Os cães com artrite séptica geralmente apresentam-se na clínica com sintomas de claudicação. O veterinário irá efetuar um historial detalhado, incluindo qualquer lesão prévia, lutas com animais ou outras doenças. O exame físico ajudará a estabelecer se uma ou várias articulações estão afetadas.

Os exames de laboratório incluirão: contagem sanguínea completa, perfil bioquímico e análise de urina. Um hemograma completo pode revelar a presença de infeção e inflamação na corrente sanguínea. O diagnóstico por imagiologia é útil para encontrar mudanças relacionadas com a inflamação, nas estruturas da articulação, incluindo a destruição do osso, o espaço articular irregulare a formação anormal de osso; tudo isto será revelado nos raios X.

Para analisar o fluido recolhe-se líquido diretamente da articulação. O veterinário seda ou anestesia o cão antes da recolha da amostra. Este exame evidencia a presença de um maior volume de líquido no espaço articular, mudanças na cor do líquido, a presença de um maior número de células inflamatórias e também as bactérias causantes.

Estes exames confirmam o diagnóstico e ajudam a estabelecer um plano de tratamento. Quanto antes o tratamento for administrado após a aparição dos sintomas, maiores serão as possibilidades para uma resolução completa dos sinais da doença.

Tratamento 

O veterinário irá extrair o líquido sinovial para cultivo bacteriano e pode realizar uma lavagem articular para descomprimir a articulação e eliminar resíduos celulares e enzimas, minimizando o dano da cartilagem articular. Alguns cães requerem abertura cirúrgica da articulação (artrotomia) para eliminar o tecido anormal e realizar uma lavagem e drenagem profundas.

O veterinário poderá receitar um antibiótico de amplo espectro até à obtenção dos resultados das provas, como: cefazolina 20 - 25 mg/kg IV, IM TID ou QID, cefalexina 11- 33 mg/kg PO TID, enrofloxacino 5 - 20 mg/kg PO SID ou 2.5 - 10 mg/kg PO BID (cães maduros).

A antibioticoterapia sistémica geralmente será administrada durante seis - sete semanas: tetraciclina 15 - 20 mg/kg PO TID ou doxiciclina 5 - 10 mg/kg PO BID. Administra-se, além disso, anti-inflamatório não esteroide para aliviar a dor e a inflamação.

exercício deverá ser restringido até que o veterinário indique o contrário. Em casa poderá alternar-se a colocação de compressas frias e bolsas de calor sobre a articulação, ajudando a diminuir a inflamação e aumentando o fluxo sanguíneo na zona.

Irá optar-se por uma dieta específica e que ajude no controlo do peso, como Advance Veterinary Diets Articular Senior . As técnicas de reabilitação física podem acelerar a cicatrização e ajudar a prevenir a degeneração articular.

Descarregue GRATUITAMENTE → Clinical Tool: Abordagem multimodal  no tratamento das doenças do trato urinário inferior felino. 

Vets & Clinics

Espaço de referência para veterinários