Cristais de oxalato de cálcioe estruvite: Análise da urina felina | Vets & Clinics

O espaço de referência dos veterinários #SomosVets

Cristais de oxalato de cálcio e estruvite: análise da urina felina

Os cristais de oxalato e estruvite são os que mais frequentemente podem provocar problemas no sistema urinário. A análise da urina é de suma importância.

Medicina e cuidados

Os cristais de oxalato e estruvite são uma das principais causas da FLUTD (Feline Lower Urinary Tract Disease). Ainda que a principal causa seja a cistite idiopática felina, os cristais urinários estão em segundo lugar, em 25% dos casos. Um diagnóstico precoce por meio de uma análise urinária é importante para iniciar o quanto antes o tratamento mais adequado e, assim, diminuir a taxa de recorrências.  

Quer saber mais sobre os Cristais de oxalato cálcio e estruvite? ↓Descarregue gratis o Clinical Report: Estudos sobre a mineralização da água e  a sua relação com as FLUTD.↓

Formação de cristais de oxalato e estruvite

 No artigo anterior explicámos detalhadamente quais os fatores que contribuem para a formação dos diferentes tipos de cristais urinários. Os cristais urinários mais frequentes são os de estruvite (60%), seguidos dos cristais de oxalato de cálcio (30%) (fonte RR A doença das vias urinárias (FLUTD) e o seu tratamento dietético, Isabelle Jeusette). Além disso, sublinhámos o papel importante desempenhado pela mineralização da água, neste problema e nas modificações que podem ser levadas a cabo na dieta do gato para diminuir a incidência de cristais urinários.

A Análise da Urina: um método de diagnóstico precoce

 A Análise da Urina é utilizada para avaliar as características físico-químicas da urina. É obtida uma estimativa da concentração de solutos urinários. Também se analisa o sedimento urinário através do microscópio para avaliar a presença de células, cilindros ou cristais, tanto de oxalato de cálcio como de estruvite. A sua principal indicação é a suspeita de doença do sistema urinário, mas também fornece informação sobre o resto do organismo do felino, como por exemplo a existência de urina ácida. As principais características que avalia são:

  • O volume
  • A cor
  • A densidade
  • A turvação
  • O pH
  • As células: hemácias, leucócitos, bactérias, células epiteliais
  • Os parâmetros bioquímicos 

Quer saber mais sobre os Cristais de oxalato cálcio e estruvite? ↓Descarregue gratis o Clinical Report: Estudos sobre a mineralização da água e  a sua relação com as FLUTD.↓

Patologia relacionada com a presença de cristais urinários

 É muito importante analisar a presença de cristais urinários, sejam eles de oxalato ou estruvite, sobretudo nos gatos com problemas urinários, já que a FLUTD tem taxas de reincidência muito elevadas. Num grande número de casos a FLUTD não se deve a nenhuma infeção, mas apenas à presença destes cristais. É possível efetuar modificações na dieta dos gatos para eliminar este problema e, assim, evitar o reaparecimento da FLUTD. Para terminar Além da Análise da Urina, existem outros testes laboratoriais que exigem uma gestão adequada das amostras e a sua correta interpretação. Aproveitamos desde já para lhe apresentar o Pocket VETLAB (http://www.affinity-petcare.com/veterinary/content/manual-de-analitica), um guia elaborado por veterinários para ser utilizado por outros colegas. É um manual de bolso sobre análises laboratoriais veterinárias de pequenos animais, constantemente atualizado. Nele estão incluídos protocolos dinâmicos que o irão ajudar a realizar um diagnóstico correto de forma rápida.  

Descarregue GRATUITAMENTE → Clinical Tool: Abordagem multimodal  no tratamento das doenças do trato urinário inferior felino.