Tempo de leitura: 2 minutos

Antes de adotar um cão é necessário saber como cuidar de um cachorro. Desta forma, tanto o dono como o animal sairão beneficiados e poderão desfrutar da sua relação ao máximo.

 

Parabéns!

Felicitamo-lo por ter decidido adotar um cão. Na fase inicial é importante que o dono e o animal de estimação se adaptem à nova situação, que acarreta mudanças para os dois lados. Num artigo anterior já lhe demos algumas dicas sobre como educar um cachorro. Nesta publicação, abordaremos a questão de como cuidar de um cão.

 

Descarregue gratuitamente o Guia do adotante e ofereça-o aos donos de cachorros da sua clínica
[Resolva dúvidas sobre esterilização, identificação, alimentação, higiene e outras, aos  novos donos
de animais de estimação]

 

Dedique-lhe tempo todos os dias

Para cuidar devidamente de um cão é necessário dispormos de tempo todos os dias. Será necessário que, diariamente, demos passeios com ele, brinquemos e lhe proporcionemos carinho e cuidados de higiene.  Também será imprescindível dispormos de tempo para o educar. Para cuidar bem de um cão, dedicar-lhe 5 minutos diários não será suficiente.

 

New Call-to-action

 

Será necessário sermos pacientes com ele, já que durante o processo de aprendizagem é normal que faça algumas asneiras. Educar o seu animal de estimação é essencial para melhorar os laços afetivos e a comunicação entre os dois.

 

Pondere a hipótese de adotar um cão sénior

Muitas das vezes, inconscientemente, a tendência é a de se preferir adotar cachorros em detrimento de cães sénior (cães com idade superior a 6 anos, ou menor no caso de raças de pequeno porte). No entanto, a adoção de um cão sénior traz muitas vantagens.

Os cães sénior, na sua grande maioria, costumam estar já educados. Já sabem como se comportar dentro de uma casa. Por norma são menos ativos, ainda que isso não os impeça de desfrutar de longas caminhadas e de uma vida exterior.

Exprimem mais a sua gratidão, e irão oferecer-lhe de imediato o seu carinho de forma incondicional. Será o seu fiel amigo e irá agradecer-lhe o gesto que teve para com ele.

 

Mudanças na sua casa

Trazer um animal de estimação para casa poderá acarretar algumas mudanças necessárias no seu domicílio:

  • Proteger objetos delicados
  • Colocar cercas no jardim
  • Colocar plantas ou objetos tóxicos fora do alcance do animal.

 

Antes de tudo, organização

Para facilitar a convivência, será mais indicado organizar as tarefas relacionadas com o cuidado do cão. Se todos os membros da família desempenharem um papel, cumpri-las será muito mais simples. Este é um exemplo de como podemos organizar as tarefas de cuidado do cão através de uma tabela, mas cada família poderá criar a sua.

 

como cuidar de um cachorro

 

O papel dos mais pequenos do lar

Se a família conta com crianças pequenas, podemos aproveitar o forte vínculo que estabelecem com os seus animais de estimação para as envolver também no cuidado do cão. Num estudo da Fundação Affinity, no qual foram inquiridas crianças dos 9 aos 13 anos de idade, demonstrou-se a sua grande capacidade de sacrifício pelos seus animais de estimação.

como cuidar de um cachorro

O que estarão as crianças dispostas a fazer para cuidar do seu animal de estimação, de acordo com o estudo Crianças e Animais, da Fundação Affinity, realizado em 2015.

 

É de extrema importância envolver os mais pequenos no cuidado dos animais de estimação. Não apenas pelos benefícios inerentes para o animal e para as crianças, mas também devido à importância dos mais pequenos serem conscientes do respeito que os animais merecem. Eles são o nosso futuro!

 

Artigos relacionados:

 

New Call-to-action