Alimentos tão deliciosos, mas tóxicos ao mesmo tempo


Alimentos tão deliciosos, mas tóxicos ao mesmo tempo

Muitos de nós não conseguimos começar um novo dia sem tomar o nosso café todas as manhãs. No entanto, o café e outros alimentos que ingerimos com regularidade podem ser tóxicos para cães e gatos, mesmo que sejam ingeridos em quantidades muito menores do que as suficientes para prejudicar as pessoas.

O café, tal como o chá ou a coca-cola, contém altos níveis de cafeína. Se um cão ou um gato o ingerisse em grandes quantidades, poderia manifestar sintomas de intoxicação, como nervosismo, hiperatividade, aumento das palpitações e, no pior dos casos, um colapso ou a morte.

O chocolate é outro alimento que pode ser prejudicial para cães e gatos devido ao seu teor de teobromina, um componente que pode ser venenoso até para os humanos se for ingerido em quantidades substanciais. Porém, pode ser três vezes mais venenoso para os cães e para os gatos seis vezes mais ainda. O chocolate negro contém muito mais teobromina do que o chocolate de leite. Portanto, bastaria que um cão de 20 kg ingerisse 25 g de chocolate negro para começar a manifestar alguns sintomas de intoxicação. Ainda assim, seria necessário ingerir mais de 200 gramas de chocolate para manifestar sintomas graves. Os sintomas incluem vómitos, diarreia ou hiperatividade e podem provocar um aumento das palpitações, tremores musculares ou um arfar excessivo, podendo levar também à morte.

Outro alimento que não integrar a alimentação dos cães e gatos é a cebola, pois contém substâncias sulfúricas que podem danificar os glóbulos vermelhos e causar anemia. Bastam 110 gramas de cebola seca para intoxicar um cão de 20 kg. Evite também que o seu cão coma uvas ou passas, pois este tipo de alimentos contém uma toxina que pode provocar vómitos e outros sintomas a nível renal. Embora pense que dar-lhe carne crua possa ser uma autêntica festa para ele, também deve evitá-la, pois pode conter bactérias como a Salmonella ou E.coli que podem causar-lhe vómitos e diarreia.

Não precisa de se alarmar, mas é importante que tome nota de todos os alimentos que o seu cão ou gato deve evitar. Por fim, não se esqueça de que a ração que lhe dá todos os dias contém todos os nutrientes necessários para que o seu animal cresça saudável.