Sintomas de um gato doente


Sintomas de um gato doente

Uma das doenças mais comuns são as alergias. O primeiro passo será identificar o agente que causa a alergia e eliminá-lo do ambiente que o animal habita para que recupere o seu bom estado de saúde. Os sintomas podem ser de dois tipos: respiratórios (tosse, espirros, dificuldades respiratórias) ou cutâneos (comichão intensa e persistente).

Os problemas gastrointestinais também podem afetar o seu animal de estimação, principalmente, os gatos mais jovens. Normalmente, estes problemas manifestam-se se o gato tiver ingerido alimentos estragados, embora também possam surgir por causa de uma infeção bacteriana, de um vírus, da presença de parasitas ou de uma patologia sistémica. Os sinais são: diarreia, vómitos, dor abdominal, distensão abdominal, perda de apetite, debilidade e inquietação. Além disso, é muito provável que o gato, por vezes, rebole pela casa se sentir dores tipo cólicas.

Uma das patologias mais frequentes em gatos a partir de uma certa idade é a insuficiência renal. Os rins dos gatos desempenham uma intensa tarefa de filtração, visto que são animais carnívoros e a proteína animal é um dos elementos da dieta que mais resíduos tóxicos gera. Por este motivo, os rins são os primeiros órgãos que começam a falhar com o tempo. Deve suspeitar deste problema se o seu gato comer menos, emagrecer e aumentar muito o volume de água que ingere e de urina que elimina.

Pode evitar o aparecimento de determinadas doenças infeciosas se mantiver o boletim de vacinas do seu gato em dia e se este tiver o sistema imunitário em excelentes condições, principalmente, se tiver acesso ao exterior ou contacto com outros animais da mesma espécie. Em contrapartida, o gato que nunca sai à rua dificilmente será contagiado.

Algumas doenças graves, como a leucemia felina –(FeLV), só se transmitem por contacto direto com animais portadores do vírus. Ainda assim, pode passar muito tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas clínicos, até mesmo anos. Os sintomas são: falta de apetite, sonolência, debilidade, anemia, aparecimento de tumores e doenças do sangue como a anemia e a leucemia, daí o seu nome.

A peritonite infeciosa felina é outra doença grave causada pelo vírus da família dos coronavírus. Costuma afetar o aparelho respiratório e gastrointestinal, mas acaba por invadir todos os órgãos e sistemas e não tem tratamento. Infelizmente, costuma ser mortal, principalmente nos gatos jovens.

Neste breve artigo, apenas apareceram algumas das doenças mais comuns e infeciosas que podem afetar os nossos queridos companheiros felinos. Por isso, é muito importante que, se notar que o comportamento do seu gato está diferente, o leve ao veterinário para evitar problemas maiores.