Tempo de leitura: 2 minutos

 

Os cães esterilizados têm necessidades energéticas diferentes e um controlo menos eficiente do seu comportamento alimentar do que o dos cães não esterilizados. A ração para cães esterilizados pode ajudar-nos a controlar o problema?

Os cães esterilizados, à semelhança do que acontece com os gatos esterilizados, têm necessidades energéticas menores do que os cães não esterilizados e um comportamento alimentar diferente. Este facto pode causar uma tendência para o aumento do peso, se a sua alimentação não for controlada. Uma boa estratégia para evitar a obesidade nestes animais é a utilização de ração para cães esterilizados.

 

New Call-to-action

 

A obesidade nos cães esterilizados: um inimigo a combater

De acordo com um estudo de Colliar et al realizado em 2006, os cães submetidos a castração possuem um risco 2,26 vezes maior de serem obesos.  A castração de cães é um dos mais importantes fatores de risco para o desenvolvimento da obesidade.

A incidência da obesidade nos cães esterilizados situa-se entre os 32% nos machos e os 32,6% nas fêmeas, segundo o estudo de Lund et al realizado em 2006.

A obesidade pode provocar sérios problemas na saúde do cão esterilizado. Pode originar resistência à insulina, dislipidemia, doenças cardiorrespiratórias, problemas renais, aumento da incidência de neoplasias e doenças ortopédicas.

 

Várias estratégias para evitar o sobrepeso nos cães esterilizados

É importante fazer modificações no estilo de vida do animal esterilizado, a vários níveis. É necessário potenciar os benefícios da redução do fornecimento energético através de uma ração para cães esterilizados e do aumento da atividade física.

  1. Mudanças na dieta:Depois da cirurgia de esterilização, o aumento do peso poderá ser evitado através da administração de um fornecimento energético 20-30% menor do que aquele prévio à cirurgia (Anantharaman-Barr, 1990; Jeusette el al, 2004). O único tratamento que demonstrou ser eficaz na perda de peso foi a restrição do fornecimento energético1.Mas esta perda de peso não é possível recorrendo unicamente à redução da quantidade de comida, já que pode dar origem a que o cão esterilizado tenha uma maior sensação de apetite, piorando a situação. Além disso, o empobrecimento da dieta pode originar um défice de certos nutrientes, como é o caso dos ácidos gordos essenciais, das vitaminas e dos oligoelementos.Um fator chave para o êxito da perda de peso nos cães esterilizados é o aumento da sensação de saciedade do animal, conseguido por meio do aumento do fornecimento de proteínas e ácidos gordos de cadeia média. Para isso pode ser utilizada uma ração para cães esterilizados. Estas rações são elaboradas com base numa diminuição do fornecimento calórico, através da utilização de uma maior quantidade de fibra dietética e de um teor mais baixo de gordura.
  1. Exercício: Os efeitos da dieta com ração para cães esterilizadostêm de ser potenciados através do aumento da atividade física do cão. É necessário modificar o estilo de vida do animal de modo a que pratique mais exercício físico, já que potencia a perda de peso 1.Outro dos benefícios do aumento da atividade física do cão, além da perda de peso, é o de que também é saudável devido aos seus efeitos na saúde cardiovascular do animal (melhoria da recuperação da frequência cardíaca devido ao exercício físico).

 

New Call-to-action

 

  1. Jeusette et al 2006

 

Artigos relacionados: