Tempo de leitura: 2 minutos

 

O vínculo que se cria entre um cão e o seu dono vai muito para além da simples companhia. Na maior parte das vezes o animal é mais um membro da família. Os cães e gatos são os primeiros a saudar-nos quando chegamos a casa, os últimos a despedirem-se de nós quando saímos para trabalhar e, inclusive, o nosso mais fiel confidente quando temos um dia mau.

Escreveu-se muito sobre a relação especial que existe entre donos e animais de estimação. Ainda assim, os estudos científicos mais recentes realizados pela cátedra Fundação Affinity Animais e Saúde fornece dados esclarecedores sobre os múltiplos benefícios de ter um animal em casa.

 

New Call-to-action

 

Estes são alguns dos dados mais interessantes:

  • 46% dos lares espanhóis têm um animal de estimação. Desses, 54% são cães e 36% gatos
  • 50% da população afirma que gostaria de ter animais.
  • 74% das pessoas que têm um animal de estimação dizem ser mais felizes

Em termos gerais, os benefícios de ter um animal de estimação vão desde o fator emocional (mais de 75% dos donos vêem no seu animal de estimação mais do que um amigo) até a aspectos estritamente relacionados à saúde das pessoas. De acordo com os dados que poderá consultar seguidamente, os donos de animais de estimação vão menos vezes ao médico e têm menos colesterol.

 

 

Outro dado interessante observado é que as mulheres possuem mais sensibilidade do que os homens em relação aos animais de companhia, o que as converte em mães que transmitem esse sentimento aos seus filhos de forma perfeita.

Talvez essa seja uma das razões pelas quais, segundo o estudo demonstra, as novas gerações sintam mais carinho e afeição pelos animais de companhia. Isso é algo que não é transmitido a pessoas de idade mais avançada, já que a mesma análise demonstra que as pessoas idosas não possuem uma relação tão íntima com os animais de estimação.

Apesar de existirem cada vez mais provas de que os animais de estimação dão muito mais do que aquilo que exigem, muitas pessoas são relutantes em partilhar a sua vida com um cão, ou em ter um cachorro.

Estes são os principais motivos pelos quais as pessoas não têm cães:

  • 21,42% dizem não possuir um espaço adequado
  • 15,6% afirmam não dispor de tempo

No caso dos gatos, os motivos são os mesmos e as percentagens também são semelhantes.

  • 19,2% afirmam não dispor de um espaço adequado
  • 15% dizem não ter tempo

O fator económico não se encontra, em nenhum dos dois casos, entre as principais razões pelas quais não têm um animal de estimação.

No geral, podemos afirmar que o nosso país se encontra bem posicionado no que se refere a ter animais de estimação. A percentagem de adoção é bastante semelhante em todas as comunidades autónomas, sendo que nas Canárias os valores são ligeiramente mais elevados.

Para concluir, se a nossa saúde física e emocional dependesse apenas da relação que possuímos com os nossos animais de estimação, a Espanha seria um dos países mais saudáveis do mundo.

aixo podem posar la info mes friendly ( tious infografia) ilustracio mes que números.

 

New Call-to-action